Os catadores de materiais recicláveis que atuavam no lixão da Mata Grande agora farão parte de uma nova cooperativa e vão trabalhar no Aterro Sanitário, receberão capacitação para trabalhar e dois caminhões da prefeitura, que também vai comprar o lixo, auxiliando-os na geração de renda. O lixão deve ser desativado no dia 2 de setembro e o local vai receber apenas sobras da construção civil e podas de árvores.