O presidente da Câmara Municipal, Rodrigo da Zaeli e outros vereadores, juntamente com o Procon e os funcionários da Energisa, que vieram de Cuiabá, estiveram reunidos em uma mesa redonda na tarde desta quinta-feira (26), na Casa Legislativa para debater com representes dos bairros, a má prestação de serviço fornecida pela empresa em Rondonópolis (MT).

Por quase duas horas de debate, os consumidores relataram problemas como a oscilação de luz, queima de equipamentos eletroeletrônicos, má prestação de serviço e abuso na conta a cada mês por parte da companhia de energia.

A proposta dessa reunião entre empresa e consumidor partiu do vereador Adonias Fernandes (PMDB), que viu a necessidade, depois dos problemas enfrentados por toda a população nos últimos meses, em específico no último final de semana, onde cerca de 49 mil consumidores ficaram sem energia em Rondonópolis.

“Rondonópolis é a segunda maior potência econômica no Estado de Mato Grosso, é inadmissível o cidadão passar por isso diante da prestadora de serviço, como a Energisa. É só fechar o tempo que a luz cai. Precisamos chegar a uma solução e isso vai ser discutido na próxima sessão da Câmara, na semana que vem” explicou Adonias.

De acordo com a Diretora Executiva do Procon, Marildes Ferreira, todos os dias, as maiores reclamações que o órgão recebe é por parte da Energisa, seja por valores abusivos, má prestação de serviço ou a queima de eletroeletrônicos por conta da oscilação do serviço de energia.

“O nosso dia a dia no Procon, se chama Energisa. Sempre um consumidor lesado nos procura e é isso o que nós estamos debatendo aqui, a insatisfação com o serviço prestado ao consumidor” ressalta Marildes.De acordo com o Presidente da Câmara e o vereador Adonias Fernandes, o tema discutido na reunião será pauta na próxima semana entre os representantes do povo na Casa de Leis Municipal.

 

Fonte: Site AgoraMT