A Câmara de Vereadores de Rondonópolis realizou, nesta quinta-feira (29), a última sessão ordinária do parlamento mirim, projeto que foi implantado no primeiro semestre deste ano. Durante este ano de 2018, a Escola do Legislativo realizou, por meio de eleição, a escolha dos vereadores mirins de Rondonópolis. Os pioneiros do projeto fizeram cinco sessões ordinárias e nelas puderam reivindicar melhorias para seus bairros, por meio de indicação, requerimento e projeto de lei, bem como, fizeram diversas falas na Tribuna Livre da Câmara onde cobraram muitas situações, como a reabertura da UTI da Santa Casa e a sincronização dos semáforos.

O projeto Vereador Mirim é uma iniciativa da atual mesa diretora, que visa, principalmente, criar em crianças e adolescentes uma aproximação com o legislativo, instigando a juventude para a busca de conhecimento quanto a criação de leis e a participação nas ações do município. E para agradecer às escolas que participaram do projeto, o vereador e presidente da Casa de Leis entregou uma Moção de Congratulação a cada uma, como forma de estímulo e agradecimento pela parceria durante o ano.

“As escolas, durante todo o ano, participaram ativamente do processo. Instruíram seus alunos, dividiram os conhecimentos, acompanharam durante as reuniões e, até mesmo, nas sessões e este papel foi fundamental para nós, da Câmara. Torço para que, no próximo ano, as escolas sejam tão atuantes quanto foram neste ano e também que o número de unidades escolares participantes aumente. Estou muito satisfeito em ter efetivado este projeto de lei, foi um dos projetos mais importantes desta legislatura”, destacou Zaeli.

O parlamento mirim, durante o ano de 2018, se reuniu nas últimas quintas-feiras de cada mês e os legisladores puderam atuar diretamente em sua comunidade, solicitando benfeitorias, bem como reivindicando ações por parte do executivo municipal e governo do estado. O presidente da Câmara Mirim é Marcus Vinicius Machado Silva, o vice-presidente Maximiliano Tavares Zaina e a primeira e segunda secretária: Ana Clara Batista Fernandes e Samara Souza Amorim, respectivamente.

“Foi uma ideia bacana a implementação deste projeto, parada desde o ano de 2010. Ele nos deu a chance de sabermos como funciona a elaboração das leis, sua aprovação e conhecer qual o papel do vereador. Também nos deu a oportunidade de ajudar a população. Este projeto possibilita que os vereadores mirins possam tornar-se futuros legisladores e estes já terem a experiência do parlamento”, falou o presidente da Câmara Mirim, Marcos Vinicius Machado Silva.

A próxima legislatura do parlamento mirim será escolhida no ano de 2019, por meio de eleição nas escolas de Rondonópolis. A unidade que deseja participar deve entrar em contato com a Escola do Legislativo, na Câmara de Rondonópolis, pelo telefone 66 3410-9747.