Estado de Mato Grosso

Câmara Municipal de Rondonópolis

 

(   )  Requerimento                                                              (   ) Projeto Decreto Legislativo

( x )  Indicação                                                                 (   ) Emenda

(   ) Projeto de Lei                                                                (    ) Moção

(   ) Projeto de Resolução                                                   (   ) Emenda Modificativa

 

Autoria: VEREADOR RODRIGO DA ZAELI

INDICAÇÃO Nº. 14, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2016.

 

Ao Exmo. Sr. Percival Muniz, Prefeito Municipal;

 

Considerando, que a Avaliação Geriátrica Ampla tem por objetivo determinar as deficiências, incapacidades e desvantagens apresentadas pelo idoso, objetivando o planejamento do cuidado e o acompanhamento a longo-prazo. Ela difere do exame clínico padrão por enfatizar a avaliação da capacidade funcional e da qualidade de vida e por basear-se em escalas e testes quantitativos;

 

Considerando, que muitos gerontes padecem de doenças crônicas que resultam em graus variáveis de incapacidade. Sem dúvida, o número de idosos com algum grau de incapacidade aumenta com a idade e cerca de 30 a 50% dos indivíduos muito idosos (85 anos ou mais) são incapazes para pelo menos cinco das atividades da vida diária (banhar-se, vestir-se, alimentar-se, transferir-se da cama para a cadeira, usar o sanitário e manter a continência urinária e/ou fecal) e requerem cuidados pessoais em tempo integral.

 

Venho respeitosamente à presença de Vossa Excelência, apresentar o Projeto de Avaliação geriátrica Ampla e o Projeto de Atendimento Multidisciplinar do Idoso desenvolvido na cidade de Campo Grande – Mato Grosso do Sul, que tem por objetivo determinar as deficiências, incapacidades e desvantagens apresentadas pelo idoso, objetivando o planejamento do cuidado e o acompanhamento a longo-prazo, reduzindo assim os gastos em saúde pública que por ventura venham a ser realizados no tratamento de doenças crônicas que resultam em graus variáveis de incapacidade.

 

Requer-se que seja analisada a viabilidade econômico-financeira para a implementação do sistema proposto na rede pública de saúde municipal, que tem como objetivo o tratamento amplo ao idoso, a fim de evitar doenças mais graves que oneram o sistema público de saúde e prejudicam a qualidade de vida dos cidadãos da terceira idade.

 

Seguem anexos a presente Indicação o Projeto de “Avaliação Geriátrica Ampla”, de autoria de Elisa Franco de Assis Costa e Estelamaris Tronco Monego e o Projeto de Atendimento Multidisciplinar do Idoso, desenvolvido na cidade de Campo Grande – Mato Grosso do Sul, considerado como referência para sua implementação na comunidade local.

 

Insta-nos ressaltar que a rede pública municipal já dispõe de profissionais habilitados necessários para a execução do projeto, sendo necessário apenas o redirecionamento dos mesmos para atendimento em um único local, especializado para o idoso.

 

Sendo só para o momento, com elevados votos de estima e consideração, me coloco a disposição de Vossa Excelência para eventuais esclarecimentos que se fizerem necessários.

 

Atenciosamente,

 

Nestes termos,

  1. deferimento.

 

Câmara Municipal de Rondonópolis, 23 de Novembro de 2016.

 

 

RODRIGO DA ZAELI

Vereador PSDB